h1

Tsunami

08/06/2017

hokusai

Nesses dias de recolhimento eu surfo um gigantesco tsunami quente, espesso e doce, onde as ondas são formadas pela intensidade das minhas emoções.

Quando eu estava mergulhada no meio do mundo, elas me chicoteavam com firmeza, mas brevemente se iam. Aqui o ritmo é mais lento e a intensidade é maior.

Você passa mais de quarenta anos correndo pelas pontes entre lagos e arroios,  sendo respingada, açoitada pelas águas, encharcada muitas vezes. E acha que entendeu a natureza da água. Então, te deixam num botezinho frágil, que já chegou a parecer muito seguro e confortável, onde você dormita e acorda no meio do oceano.

E então você entende uma dimensão que só havia na vastidão do mar.  E você percebe, pela primeira vez, que pode ser que não exista saída. Que pode ser que dessa vez você não saia vivo da experiência. Ou que saia da vida com a experiência ainda dentro de você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: